Cerca de 24 mil trabalhadores e trabalhadoras do Sistema devem participar da greve. CNE diz que serviços essenciais não serão afetados.