A Intersul junto a entidades que representam trabalhadores de outras estatais como: Petrobras, Caixa Económica Federal, Banco do Brasil, Correios, Embrapa, Eletronorte, etc; protocolou denúncia no Ministério Público Geral do Trabalho em Brasília em face das famigeradas resoluções CGPAR 22 e 23 do Ministério do Planejamento, que traz prejuízos imensuráveis aos trabalhadores ativos e aposentados dessas empresas em relação ao seu Plano de Saúde. A denúncia será distribuída para a 10ª região do MPT. As entidades signatárias do documento continuarão unidas na luta contra mais esta medida maldosa deste desgoverno contra os trabalhadores!