Os dirigentes do Sinergia SC Carlos Alberto de Souza, Tiago Bitencourt Vergara e Leonardo Contin da Costa participaram hoje, dia 7/06/2021, de uma reunião com o presidente da FIESC, Mário Cezar de Aguiar, e com o presidente da Câmara de Assuntos de Energia da FIESC, Otmar Josef Müller.

 

Os dirigentes sindicais levaram aos representantes da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina a preocupação com o andamento da Medida Provisória – MP 1031/2021, que visa a privatização da Eletrobras. Manifestaram preocupação, apresentaram dados e entregaram documentos aos dirigentes da FIESC que demonstram o aumento na conta de energia elétrica caso a privatização da estatal seja aprovada no Senado, com prejuízos de grande monta à indústria e à população.

 

A MP 1031/2021 segue em análise no Senado Federal e, se não for colocada em votação até o próximo dia 22, caducará, ou seja, perderá sua validade.

 

#salveaenergia #mpdoapagão #eletrobras