Link para assembleia Celesc de amanhã

Os sindicatos que compõem a Intercel realizarão assembleias virtuais para debater com os trabalhadores o Termo Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho do Plano de Desligamento Incentivado 2021. Em resumo, o Acordo trata do Termo de Quitação geral e irrestrita de verbas trabalhistas, que os participantes do PDI devem assinar ao aderir ao plano. O acordo é necessário para viabilizar as saídas dos trabalhadores inscritos no PDI 2020 que terão as saídas a partir de janeiro de 2021. As assembleias serão realizadas através da plataforma ZOOM, amanhã, 24 de novembro, às 19h. O Link para participar é https://us02web.zoom.us/j/88998630799?pwd=OGxtR3NLcnNYdllvTy90cDgrWitBUT09 ID da reunião: 889 9863 0799 Senha de acesso: 652076

Nova rodada na Eletrobras é amanhã!

Amanhã, dia 24 de novembro, acontece mais uma rodada de negociação sobre o ACT 2020 da Eletrobras. O CNE (Coletivo Nacional dos Eletricitários), através da Comissão de Assistência à Saúde, apresentará uma proposta detalhando uma alternativa para construção, entre as partes, do que realmente seja possível para continuar a negociação no acordo coletivo. O CNE busca uma solução negociada para a o impasse criado pela gestão da Eletrobras, sob orientação do governo. O objetivo é garantir a manutenção de nossos empregos e dos direitos construídos historicamente num acordo coletivo Obtido em mesa de negociação. Fique atento aos comunicados do CNE.

Convocação assembleia Celesc

Os sindicatos que compõem a Intercel realizarão assembleias virtuais para debater com os trabalhadores o Acordo Coletivo de Trabalho do Plano de Desligamento Incentivado 2021. Em resumo, o Acordo trata do Termo de Quitação geral e irrestrita de verbas trabalhistas, que os participantes do PDI devem assinar ao aderir ao plano. O acordo é necessário para viabilizar as saídas dos trabalhadores inscritos no PDI 2020 que terão as saídas a partir de janeiro de 2021. As assembleias serão realizadas através da plataforma ZOOM, no dia 24 de novembro, às 19h.

Sinergia distribui máscaras

Sinergia distribui máscara especiais O Sinergia vai entregar, na sede da CGTEletrosul e no Sertão as máscaras confeccionadas pela Intersul, dando força a nossa campanha contra a privatização. Na sede vai ser amanhã, quarta-feira, das 7h às 9h e na sexta-feira no mesmo horário. No Sertão a entrega será segunda-feira das 7h às 9h. E para aqueles que estão em trabalho remoto, que queiram receber as máscaras, basta sinalizar no email sinergia@sinergia.org.br e providenciamos uma forma de entregar em sua casa. A união faz a força!

Lançamento livro 10ºConto e Poesia será em 2021

O lançamento do livro do 10° Concurso Conto e Poesia foi postergado para o 1° semestre de 2021; à depender da orientação das autoridades sanitárias. Independentemente disso, está sendo dado prosseguimento ao processo de feitura do livro: realização da revisão ortográfica, edição e preparação para publicação. Vai ser uma bela obra! A direção do Sinergia deseja, com o coração encharcado de esperança, encontrar todos e celebrar mais um momento especial. Não seria possível manter esse concurso, por quase 30 anos, sem a participação de cada um e cada uma ao colocar as palavras para “andar e voar”. Que todos recebam “braços virtuais”, num abraço longo e afetuoso de agradecimento, mantendo acesa a chama do sonho! Comissão organizadora do 10° Concurso Literário Conto e Poesia Ilha de Santa Catarina, 16 de novembro de 2020.

Hoje, 19 de outubro tem live!

LIVE | A LUTA EM DEFESA DA ELETROBRAS E DA CEB PÚBLICA ?️ HOJE 19/10 às 19h Participantes: Deputado Federal Prof. Israel – PV/DF Deputado Distrital Reginaldo Veras – PDT/DF Ikaro Chaves – AESEL João Carlos – STIU-DF Roberta Quintino – Jornalista STIU-DF Assista pelos canais: ? facebook.com/EnergiaNãoÉMercadoria ? youtube.com/c/EnergiaNãoÉMercadoria

Pesquisa de satisfação trabalhadores Eletrobras

Atenção: Pesquisa de satisfação Trabalhador da Eletrobras, você está feliz? Acesse o link e responda a pesquisa entre os empregados da Eletrobras: https://pt.surveymonkey.com/r/F59DL62 Semana passada o presidente da Eletrobras – Pinto Junior – declarou que os trabalhadores da empresa estão felizes. Nós perguntamos: Felizes? Por quê? Pinto Junior na sua administração já entregou as distribuidoras por R$ 50 mil (cinquenta mil reais) cada, entregou os parques eólicos a preço vil; chamou trabalhadores e trabalhadoras de vagabundos; contrata várias consultorias para fazer o que o trabalhador da empresa tem capacidade de executar, extinguindo atividades para justificar demissões; contratou uma empresa de comunicação por quase R$ 2 milhões para falar mal da própria Eletrobras; não permite que as empresas Eletrobras façam investimentos; gasta milhões com contratos de inexigível licitação. Além do mais sempre que pode, fala mal da empresa na imprensa, visando vende-la a preço vil e satisfazer seus muitos patrões do Mercado. Um presidente que considera seus trabalhadores e trabalhadoras como inimigos não é benéfico para a empresa e faz com que o moral dos trabalhadores e trabalhadoras esteja muito baixo. A principal agenda da gestão de Wilson Pinto Junior é o esvaziamento e a desmoralização da Eletrobras com vistas à privatização responsabilizando os trabalhadores por todos malefícios que produz. Por isso perguntamos: Os empregados da Eletrobras estão felizes? Acesse o link e responda a pesquisa entre os empregados da Eletrobras: https://pt.surveymonkey.com/r/F59DL62

Hoje tem live contra a privatização

Fortaleza na Luta pelo Fortalecimento da Eletrobras Pública ?️ Dia 1/10 (quinta) às 16h Participantes: ? Vereadora Larissa Gaspar – PT-Fortaleza ? Luciana Crisóstomo – Chesf / SINDELETRO ? Emanuel Mendes Torres – Eletrobras / SINTERGIA / CNE ?️ Dia 1/010 (quinta) às 16h Assista pelos canais: ? https://www.facebook.com/EnergiaNaoEMercadoria ? https://www.facebook.com/Larissa-Gaspar-709707139118540 #EnergiaNaoEMercadoria #EletrobrasPública

Vitória dos Celesquianos

Fechou Acordo Coletivo de Trabalho na Celesc com avanços significativos para os trabalhadores, tendo sido considerado pela Intercel como “ótimo”. Além da garantia de emprego por três anos foram mantidos os direitos históricos dos celesquianos com avanços em várias cláusulas sobretudo na questão do reajuste salarial (2,75%) repassado a todas as cláusulas financeiras. A Intercel, tendo em vista a conjuntura (impeachment do governador e decorrente fragilização da diretoria da Celesc) observa que foi importante a substituição da diretoria de gestão corporativa encabeçada agora por um diretor que soube ouvir as argumentações e respeitar a pauta dos trabalhadores. Nada disso teria sido possível não fosse o entusiasmo dos celesquianos em participar das atividades relacionadas a esta campanha. Categoria organizada e unida é capaz de vencer os ataques daqueles que buscam destruir os direitos dos trabalhadores e privatizar a Celesc.