Trabalhadores e movimentos sociais protestam no investor day da Eletrobras

No dia 12 de julho, o presidente da Eletrobras privatizada anunciou a descarbonizacão da produção de energia. O processo inclui a venda/ fechamento de usinas térmicas da empresa nos estados do RJ, AM e RS. Mais de 95% da base produtiva da Eletrobras é renovável, mas as usinas térmicas (a carvão e gás natural) são importantes em tempos de crise hídrica. Mais uma contradição do processo de lesapátaria que foi a privatização da Eletrobras.


A privatização aprovada pelo Congresso em 2022 é objeto de uma ADI impetrada pela AGU e pelo Presidente Lula para garantir o direito de voto proporcional aos 43% de ações que o governo federal tem na empresa. No mesmo projeto de lei que privatizou a Eletrobras, foi incluída a contratação de novas usinas térmicas. Então fica a pergunta: qual a lógica disso? Respondemos: entregar novidades ao Mercado para justificar a privatização. Vender patrimônio construído pelo Estado, propriedade do povo brasileiro. A possibilidade do fechamento da Usina de Candiota/RS, pertencente à subsidiária CGTEletrosul, por exemplo, terá impacto econômico e social em seis municípios da região mais pobre do RS, com a extinção de mais de 15 mil postos de trabalho.


Os trabalhadores denunciam e exigem que a Eletrobras suspenda qualquer alienação de patrimônio enquanto não for julgada a ADI pelo STF. O ato contou com a presença de Sindicatos, CUT e integrantes do MAB e da Plataforma Operária e Camponesa da Água e Energia.

Fonte: Jornal Linha Viva Nº 1584 de 20 de julho de 2023

CNE propõe que reestatização da Eletrobras seja prioridade no PPA

Dirigentes do Sinergia, representando o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE) e a Intersul, e trabalhadoras e trabalhadores da CGT Eletrosul participaram, em 7 de julho, do debate do Plano Plurianual Participativo (PPA) do Governo Federal em Santa Catarina. O evento foi realizado na Assembleia Legislativa e contou com a presença de lideranças sindicais e de movimentos populares, deputados estaduais e federais, vereadores e prefeitos, além dos ministros Márcio Macêdo, da Secretaria Geral da Presidência da República, e Simone Tebet, do Planejamento. Representando o CNE e o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Tiago Vergara defendeu na tribuna do evento a criação do Fundo Nacional de Reparação das Pessoas Atingidas por Barragens (só em SC, são mais de 300 barragens e milhares de atingidos) e a proposta de Reestatização da Eletrobras, como forma de baixar a conta de energia da população brasileira: “Nós não teremos a possibilidade de baixar a conta de luz com a Eletrobras privada e nas mãos do mercado financeiro. Nós precisamos da Eletrobras pública para poder desenvolver o País e para que o setor industrial possa investir e gerar emprego, renda e crescimento econômico para o Brasil”, enfatizou Tiago.


O PPA é o principal instrumento de planejamento orçamentário de médio prazo do Governo Federal. Ele define as diretrizes, os objetivos e as metas da administração pública federal, contemplando as despesas de capital. Além das propostas apresentadas pelo CNE, outras oito entidades se inscreveram e trouxeram propostas para as áreas da educação, saúde, direitos da população em situação de rua e LGBTQIAP+. O PPA será encaminhado ao Congresso Nacional em 31 de agosto para ser votado pelos parlamentares. Ainda neste ano, deverá ocorrer a sanção pelo Presidente da República.

Fonte: Jornal Linha Viva Nº 1584 de 20 de julho de 2023

Intercel celebra vitória com decisão do MPT sobre denúncia anônima

prática de coagir e ameaçar representações de trabalhadores segue em evidência. Na Celesc, a Intercel e representantes dos empregados no Conselho de Administração já sofreram algumas vezes tentativas de censura. No final de 2022, o Sinergia foi denunciado anonimamente ao Comitê de Ética e ao Ministério Público do Trabalho (MPT) por supostamente ‘assediar moralmente os gerentes da Celesc’. Coincidentemente, as denúncias foram feitas logo após a posição dos Sindicatos em relação à incorporação da gratificação de chefia nos salários de gerentes e ex-gerentes.


A petição, mal escrita e repleta de inverdades, fez uma narrativa de mau gosto, chegando até a pedir a demissão por justa causa de dois sindicalistas. Para a Intercel, um ataque a um Sindicato ou a um líder sindical é considerado um ataque a todos. A entidade não aceita qualquer tentativa de intimidação ou censura à liberdade sindical, direito previsto na Constituição Federal e em convenções da Organização Internacional do Trabalho (OIT).


É importante explicar que o Comitê de Ética interno da empresa não tem competência legal para julgar denúncias contra entidades e líderes sindicais, e a denúncia não teve seguimento.


Em relação ao MPT, o Procurador afirmou que a denúncia carecia de objetividade e, por vezes, era ininteligível. Além disso, afirmou que as ações dos sindicatos estão em conformidade com a lei, e que o sindicato em questão é historicamente um defensor fervoroso dos direitos dos eletricitários, reconhecendo a fundamental atuação ao longo dos anos.


A Intercel continua vigilante, fiscalizando a gestão da empresa e denunciando atos administrativos considerados ilegais ou imorais, sempre em defesa de uma Celesc pública, boa para todo mundo.

Fonte: Jornal Linha Viva Nº 1584 de 20 de julho de 2023

Caravana da Intercel percorre postos de trabalho na Celesc

Os Sindicatos da Intercel finalizam amanhã mais uma edição da Caravana da Intercel. O objetivo da Caravana é deixar a categoria a par do cenário político e econômico tanto na esfera federal, como estadual, e também as expectativas sobre negociações junto à direção da Celesc.


Neste ano, por necessidade de redução de custos, a Caravana contou com menos dirigentes sindicais e passou por menos postos de trabalho. Ainda assim, visitou celesquianas e celesquianos em mais de 60 municípios. A Caravana também promove um intercâmbio entre Sindicatos, já que dirigentes sindicais de uma região visitam e fazem os discursos e as conversas numa região diferente da de sua base original.

Fonte: Jornal Linha Viva Nº 1584 de 20 de julho de 2023

Trabalhadores da Engie têm nova intersindical

Uma intersindical é a associação de Sindicatos para defender objetivos e interesses comuns. Entre eles, os Acordos Coletivos. Além da defesa de objetivos comuns, a associação de Sindicatos em uma intersindical possibilita a racionalização de gastos nas atividades sindicais, bem como a contratação de assessorias técnicas que dão suporte nas negociações e em outras atividades de interesse dos empregados.


Com base nesse conceito, na década de 1980 foi criada a Intersul, entidade informal que reunia Sindicatos e associações dos estados do RS, SC, PR e MS, que, à época, representavam os empregados da Eletrosul. Com base na atual estrutura empresarial depois do processo de privatização iniciado em 1998 com a Gerasul e, mais recentemente, da própria Eletrosul, os dirigentes dos Sindicatos e Associações que compõem a Intersul definiram que a organização sindical dos empregados passa a ser por empresa e, para tanto, definiram a criação de uma nova Intersindical, denominada InterEngie. Agora os empregados da CGT Eletrosul continuam sendo representados pela Intersul e os empregados da Engie passam a ser representados pela InterEngie.


O principal motivo é a ampliação da abrangência da organização sindical, já que a Engie atua em âmbito nacional e a Intersul tem abrangência regional. Essa questão de organização e representação fará parte da ordem do dia das assembleias de pauta deste ano e será debatida com todos os empregados.

Fonte: Jornal Linha Viva Nº 1584 de 20 de julho de 2023

Assembleia Estadual de trabalhadoras e trabalhadores da Celesc será realizada em 29/07, em Pomerode

A Assembleia Estadual de empregados e empregadas da Celesc que debaterá a Pauta do Acordo Coletivo de Trabalho 2023/24 e as propostas de PLR 2023 e Plano de Saúde ocorrerá em 29 de julho, em Pomerode (conforme edital que consta na página 3 dessa edição), no Complexo de Esporte e Lazer Francisco Canola Teixeira.


Os Sindicatos da Intercel, que organizam a Assembleia, já estão coletando os nomes de participantes para o evento. Para participar, devem se inscrever tanto aqueles que pretendem viajar com os ônibus pagos pelas pessoas associadas aos Sindicatos, como quem pretende ir ao evento de carro próprio (nessa modalidade, não haverá reembolso de combustível).


Neste ano, além de votar todas as propostas de cláusulas novas e já existentes no Acordo atual, a categoria também
deliberará sobre as propostas de PLR 2023 e Plano de Saúde negociados entre Intercel e representantes da Diretoria da Celesc. O resumo da proposta foi enviado para a categoria através do Boletim da Intercel 207, por e-mail e nos grupos de whatsapp dos Sindicatos. Uma nova reunião sobre estes dois pontos (PLR e Plano de Saúde) ainda deve ocorrer entre Intercel e Celesc no dia 26 de julho. A proposta final da empresa para os dois pontos será apresentada e votada durante a Assembleia Estadual, em Pomerode. Convide seus colegas e participe da Assembleia.

Fonte: Jornal Linha Viva Nº 1584 de 20 de julho de 2023

Sinergia tem parceria com o Studio Classique

❤️‍🔥 Priscila Ferreira fundou o Studio Classique em 2017, com a intenção de trazer Glamour, beleza, ousadia e principalmente sensualidade através das aulas de pole dance.

Com o passar do tempo, o Studio Classique foi se aperfeiçoando e, além de trazer o que foi proposto, trouxe ainda mais empoderamento e amor próprio para as alunas.💃

Aulas disponíveis: Pole Funk, Pole Intro, Pole Classique, Pole Spin, Pole Flow, Pole Exotic, Pole Coreográfico, Bases de Salto Alto, Bases de Pole Acrobático, Spin Intro e Flexibilidade. 

💥 Além de quebrar muitos tabus, a casinha também conhecida por “Bonde Classique” ajuda muitas pessoas a se reconectarem consigo mesmas, recarregando as energias 🦚 e criando uma rede de apoio, onde se pode contar umas com as outras.

O Studio Classique oferece, a sindicalizadas e sindicalizados com carteirinha válida, 15% de desconto nos planos de aulas.

Para fazer a carteirinha, é necessário entrar em contato pelo e-mail sinergia@sinergia.org.br

O Studio fica no Shopping Trindade: Rua Lauro Linhares, 2123, Sala 104, Torre A – Trindade, Florianópolis

Whatsapp: 48 99854 6409

Instagram: @poleclassique

Sinergia tem parceria com a Garagem da Dança

A Garagem da Dança nasceu do sonho e do propósito de transformar vidas por meio da dança, lá se respira e vive a dança em sua mais pura essência.

 È um espaço amplo e acolhedor que permite novas descobertas e amplia suas possibilidades de expressão através da dança.  

Aqui você encontra espaço para ser você mesmo, para se descobrir e se expressar também dançando. Por isso a gente conta com um O é espaço amplo e acolhedor, criado especialmente para recebe-lo/a r você.

Os professores, além de longa experiência, amam o que fazem e por isso inspiram as pessoas a serem cada vez melhores. 

As aulas são divertidas e descomplicadas, para que os alunos de todos os níveis se sintam acolhidos e para que possam se integrar nessa grande família que é a Garagem da Dança.

São mais de 10 modalidades de dança para escolher aquela que mais combina com seu estilo de vida. Na Garagem, a preocupação é mais com seu bem estar do que com o quanto você sabe dançar.

Endereço:

Av. Vera Linhares de Andrade 3228 – Córrego Grande

INSTA – @garagemdadanca

Site – www.garagemdadanca.com.br

Fone/whats – 48 999025973

Na Garagem da Dança filiadas/os ao Sinergia e seus dependentes têm 10% de desconto.

As modalidades oferecidas são:

Dança de Salão
Dança do Ventre
Dança para Criança
Dança Mix Power
House Dance
Jazz
Sapateado
Street Dance
Vogue

Sinergia oferece descontos para filiados

“Uma política cultural de um sindicato é construída na perspectiva de que os trabalhadores ampliem sua visão de mundo, de compreensão da sociedade e de seu papel enquanto sujeitos transformadores da história dessa sociedade. Nessa ótica, compreendemos que os sindicatos devem ser espaços genuínos para a expressão humana, o exercício solidário, crítico, criativo e libertário. Que os sindicatos sirvam para alimentar e alargar sonhos, utopias e ajudem a construir outro modo de vida: um viver partilhado por todos com dignidade, igualdade e felicidade. Que os sindicatos sejam veículos que contribuam decisivamente para o processo de desalienação e de libertação da classe trabalhadora.” Dino Gilioli

É assim que o Sinergia, nos seus mais de 32 anos de Ação Cultural, vem provocando o exercício crítico e criativo, possibilitando espaços que resgatem, preservem e criem novos laços de solidariedade onde o ser humano se sobreponha a todas as coisas.

E é carregado desse sentido que o Sinergia tem o prazer de entregar as suas associadas e associados uma diversidade de convênios que possam promover e ampliar nossa humanidade!

São convênios com livrarias, cinemas, centros culturais, teatros, dança, pilates, pole dance, oficinas de canto, cerâmica, música, enfim, um universo de possibilidades para fortalecer o cuidado conosco e com o mundo!

É assim, criando pontes, alimentando sonhos, que o Sinergia segue semeando um novo mundo!

Se você é filiada/o, envie um e-mail para sinergia@sinergia.org.br para solicitar a sua carteirinha. 

Sinergia lança convênios culturais e de saúde

“Uma política cultural de um sindicato é construída na perspectiva de que os trabalhadores ampliem sua visão de mundo, de compreensão da sociedade e de seu papel enquanto sujeitos transformadores da história dessa sociedade. Nessa ótica, compreendemos que os sindicatos devem ser espaços genuínos para a expressão humana, o exercício solidário, crítico, criativo e libertário. Que os sindicatos sirvam para alimentar e alargar sonhos, utopias e ajudem a construir outro modo de vida: um viver partilhado por todos com dignidade, igualdade e felicidade. Que os sindicatos sejam veículos que contribuam decisivamente para o processo de desalienação e de libertação da classe trabalhadora.” Dino Gilioli


É assim que o Sinergia, nos seus mais de 32 anos de Ação Cultural, vem provocando o exercício crítico e criativo, possibilitando espaços que resgatem, preservem e criem novos laços de solidariedade onde o ser humano se sobreponha a todas as coisas. E é carregado desse sentido que o Sinergia tem o prazer de entregar as suas associadas e associados uma diversidade de convênios que possam promover e ampliar nossa humanidade! São convênios com livrarias, cinemas, centros culturais, teatros, dança, pilates, pole dance, oficinas de canto, cerâmica, música, enfim, um universo de possibilidades para fortalecer o cuidado conosco e com o mundo! É assim, criando pontes, alimentando sonhos, que o Sinergia segue semeando um novo mundo!


Confira nas redes sociais do sindicato e aproveite!

Uma das empresas parceiras do Sinergia, a Livros & Livros, completa 35 anos.


Fundada em 24 de junho de 1988, por Daniel Mayer, a Livraria Livros & Livros comemora em 2023 seus 35 anos de vida.


Durante estas mais de três décadas de vida, a Livros & Livros sempre priorizou a luta por um espaço que vai além de um local aonde simplesmente se vai para comprar livros. A cada ano que passa, novos desafios se impõem às livrarias físicas. Com a pandemia e o crescimento de grandes empresas do setor online, manter um espaço como uma livraria é um desafio e exige de seus idealizadores muita luta, resistência e paixão pelos livros. A Livros & Livros acredita que as livrarias físicas ainda possuem um papel muito importante na memória afetiva de uma cidade e na dimensão humana dos livros. A livraria é idealizada como um espaço de troca de ideias e de cultura. Um local onde não existe um algoritmo ditando o que você deve ler, o que fica disponível nas prateleiras e recolhendo suas informações. Pelo contrário, a livraria um espaço democrático, onde livreiros e leitores se unem na busca apaixonada que é descobrir a próxima leitura e novos escritores e escritoras. A Livros & Livros está localizada no Centro de Cultura e Eventos da UFSC, em Florianópolis, e é dirigida por dois exfuncionários, os sócios Lauro Cesar Voltolini de Almeida e Pétula Rodrigues, que durante a pandemia resolveram encarar o desafio de manter a Livros & Livros viva e seguir com o sonho de continuar sendo uma referência no sul do Brasil.
A livraria funciona de segunda a sexta das 8:30 às 18:30 e aos sábados das 9h às 13h.

Fonte: Jornal Linha Viva Nº 1583 de 06 de julho de 2023